Nuno Coelho

Março 12 2009

Sem que eu existisse

já tu me amavas,

sem que a minha vida tivesse começado

já tu por mim sofrias

sem que o meu mundo tivesse forma,

tu deste-me um mundo só meu...

Tu sempre estiveste comigo,

o teu mundo tornou-se o meu também,

e tudo fizeste para que a tua dor

a minha não fosse.

Cresci...

Por toda uma curta vida me acompanhaste

por mim sofreste e a mim te dedicaste,

Foste Mãe quando precisei,

Amiga quando sofri,

amaste-me quando errei,

apoiaste-me quando acertei...

Agora sou grande,

um homem feito,

tenho um mundo só meu,

tenho uma vida á minha frente.

O conhecimento que tenho, devo-o á minha inteligência,

a vontade que tenho, devo-a á minha força...

Mas sem ti o mundo não me conheceria,

sem o teu exemplo não teria força para lutar...

 

Sou grande hoje, mas um dia já fui pequeno.

Em toda uma vida, tudo mudou,

Só o teu amor se manteve o mesmo...

Grande, Infindo...

Obrigado minha Mãe,

por me dares o Mundo...

 

Nuno Coelho ©  04-2002

publicado por Nuno Coelho © às 01:17

Blogo, logo existo! A forma de deixar uma marca no mundo
mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

15
16
17
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO